0

Os desafios da universalização da banda larga

Banda-Larga-Direito-de-TodosPassados quase 20 anos da privatização das telecomunicações, as operadoras de serviço de banda larga não conseguiram prestar um serviço de qualidade e atender adequadamente o cidadão brasileiro. Ainda há um abismo digital a ser superado. Quase metade dos domicílios brasileiros, cerca de trinta milhões de residências, não tem acesso à banda larga, excluídos da plena utilização dos recursos da internet, um serviço essencial para o exercício da cidadania.

Num país em crise institucional e financeira, algumas iniciativas de mudanças do cenário regulatório vêm sendo esboçadas. Na Semana Nacional pela Democratização da Comunicação – Semana Democom 2017, promovida pelo Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação – FNDC, o painel “Desafios da Universalização da Banda Larga” procurará abordar os aspectos que levam a estas mudanças e as propostas que estão sendo apresentadas.

Entre os temas em debate estão aqueles que diretamente impactam o futuro da internet no Brasil – função do Estado como regulador, mudanças nas leis das telecomunicações e internet, o satélite da Telebrás como solução, neutralidade de rede, franquias e ‘zero rating’, gestão da internet brasileira pelo Comitê Gestor da Internet – CGI.br.

O Instituto Telecom, um dos expositores no painel , vem defendendo a necessidade de uma ampla discussão com a sociedade civil, já que os efeitos das mudanças do modelo de prestação de serviços vão afetá-la diretamente por décadas, tanto na universalização quanto na definição das tarifas a serem definidas, passando pela melhora da qualidade e das velocidades a serem oferecidas.

Participe! Veja detalhes do evento no site www.portalclubedeengenharia.org.br/info/os-desafios-da-universalizacao-da-banda-larga. O esclarecimento e o debate são peças importantes na conscientização para a efetiva definição dos caminhos a serem adotados pela internet no Brasil.

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>