Brisanet: nova reunião agendada

Postado por: admin Categoria: Notícias

Após três reuniões efetivamente realizadas e sucessivos adiamentos, a negociação salarial deste ano com a BRISANET começou a se arrastar sem chegar a uma conclusão. Tudo porque, embora tenha trazido à mesa uma proposta econômica, a empresa continua sem apresentar e discutir com clareza suas ideias para escalas diferenciadas de trabalho. A empresa também vem adiando a discussão de um modelo de apuração e pagamento de PPR/2020.

Esta pendência quanto às escalas de trabalho, aliás, não é de hoje. Quando da negociação do acordo coletivo realizada no ano passado, foi possível chegar a um entendimento em relação ao banco de horas, mas a discussão sobre escalas foi combinada para ser realizada no início deste ano. Os meses foram se passando, veio a pandemia e o assunto não foi resolvido até agora. Mais uma vez a empresa quer resolver a parte econômica (o que é, claro, muito importante), mas parece querer deixar outra vez de lado a definição das escalas de trabalho, exatamente o tema que tanta dificuldade e desconforto tem trazido para os trabalhadores. Por que mesmo?

A última reunião com a empresa ocorreu no dia 10 de novembro. Um novo encontro agendado para o dia 17 foi cancelado e adiado para o dia 20. A empresa acabou cancelando essa encontro do dia 20 e propôs reunir no dia 23. E, adivinhem só, a empresa não compareceu para a reunião sem, sequer, definir uma nova data para retomar as negociações.

O SinttelRN, juntamente com os sindicatos do Ceará e Pernambuco, decidiu convocar a categoria para manifestar sua insatisfação e repúdio ao fato de a empresa estar aparentemente tentando “empurrar com a barriga” o processo negocial. Os empregados que, com zelo e dedicação, tem contribuído para o vertiginoso e bem sucedido crescimento da companhia não podem ser prejudicados com tantos adiamentos.

NOVA REUNIÃO NA SEXTA 27/11 – Mas então, como em um passe de mágica, a empresa agendou uma nova reunião para essa sexta (27). Esperamos conseguir concluir a negociação e convocar, enfim, uma assembleia para que os trabalhadores possam avaliar e decidir sobre a renovação do acordo coletivo de trabalho. Aguardem e fiquem de olho!

Compartilhar este post

Deixe um comentário


× WhatsApp