Trabalhadores da AeC aprovam proposta para encerrar processo judicial

Postado por: admin Categoria: Notícias

Em assembleia realizada no último dia 13/01/21, os trabalhadores da AeC em Mossoró que trabalharam em 2017 nos feriados de 30/09 (Libertação dos Escravos) e 03/10 (Protomártires de Cunhaú e Uruaçu), aprovaram por ampla maioria a proposta negociada com a empresa para encerramento do processo impetrado pelo SinttelRN na justiça. Confira a proposta aprovada:

♦ A empresa concederá aos trabalhadores ativos uma folga por cada feriado trabalhado, independentemente do atual banco de horas.

♦ Quem trabalhou só um feriado terá direito a uma folga a ser compensada em até 80 dias, mas se ao fim desse prazo não houver a compensação, a empresa obrigatoriamente pagará as horas correspondentes a referida folga.

♦ Quem trabalhou os dois feriados terá direito a duas folgas, sendo uma folga compensada em até 80 dias, mas se ao fim desse prazo não houver a compensação, a empresa obrigatoriamente pagará as horas correspondentes a referida folga. Já a segunda folga será compensada por ocasião das férias.

♦ Caso haja a demissão antes da compensação das folgas, a empresa pagará as folgas na rescisão do contrato de trabalho.

♦ A empresa pagará pelos trabalhadores ativos e demitidos as obrigações legais correspondentes aos honorários advocatícios e ao INSS.

♦ Para os trabalhadores demitidos que trabalharam um ou dois feriados em 2017, a empresa pagará as horas correspondentes as folgas que teriam direito

PROPOSTA APROVADA! E AGORA?

Caberá ao Sinttel e a AeC providências para homologar a proposta aprovada perante a justiça, que retornará do recesso no próximo dia 21/01. Na sequência, haverá o cumprimento da compensação ou pagamento dos feriados, conforme negociado e aprovado pelos trabalhadores. Os trabalhadores devem aguardar e, mediante qualquer dúvida, procurar o Sinttel.

AeC E SINTTEL DISCUTEM ACORDO COLETIVO 2021/2022

Na semana passada ocorreu também a primeira reunião de negociação entre o Sinttel e direção da AeC com o intuito de celebrar o acordo coletivo de trabalho 2021/2022.

Na oportunidade, a empresa ratificou a manutenção da data base e o compromisso de não reduzir os benefícios atuais, bem como garantir o salário mínimo para a jornada de 180 horas.

Uma nova reunião ocorrerá dia 21/01. Aguardem novas informações.

E O PLR DE 2020?

O Sinttel cobrou da AeC os resultados alcançados pela empresa no exercício de 2020 para apuração e pagamento do PLR. A empresa ainda não apresentou esses resultados de modo que esse assunto continuará na próxima reunião dia 21/01. Aguardem!

PANDEMIA DO CORONAVIRUS: O PULMÃO DO MUNDO PEDE SOCORRO. SOMOS TODOS AMAZONENSES!

Compartilhar este post

Deixe um comentário


× WhatsApp