VIVO/GVT: Empresa adota modelo antissindical e tenta atropelar negociação

Postado por: admin Categoria: Notícias

a.crise.nao.e.nossaEsse ano, a prática da Vivo está diferente do que sempre aconteceu nos anos anteriores, quando se adotava uma postura ética e de preservação do diálogo durante as negociações. Alterações nas condições de trabalho e nas políticas de remuneração e benefícios só aconteciam depois de amplamente discutidas com os Sindicatos, o que se traduzia por respeito a você, trabalhador.

A mudança do plano médico e a implantação do Plano Flex, entretanto, foram decisões tomadas de forma absolutamente unilateral pela empresa, a qual os sindicatos repudiam por ferir as relações institucionais entre as partes. O Plano Flex, por exemplo, é um verdadeiro assalto a direitos adquiridos. A empresa quer escolher a dança e determinar o futuro das relações de trabalho. Ela parece estar apostando que a categoria não é capaz de se organizar e mobilizar coletivamente em defesa de seus interesses e direitos.

Trabalhador, ninguém pode ser obrigado a assinar o que quer que seja. As negociações não foram encerradas e nada “foi aceito”. Assembleias não foram realizadas e a decisão final dos trabalhadores não foi ainda votada. Não assine!

A próxima reunião entre sindicatos e empresa está agendada para 17/11.

SÓ QUEM LUTA, VENCE!

Compartilhar este post

Deixe um comentário


× WhatsApp