Trabalhadores da AeC aprovam proposta para ACT 2021/2022

Postado por: admin Categoria: Notícias

Em uma grande assembleia realizada presencial e virtualmente no último dia 18 de fevereiro, os trabalhadores da AeC em Mossoró aprovaram, por esmagadora maioria, a proposta negociada pelo Sinttel para o Acordo Coletivo de Trabalho 2021/2022.

PREVALECEU O BOM SENSO

É fato que a proposta não atende a 100% das reivindicações dos trabalhadores. Entretanto, considerando a atual crise econômica e social com altíssimo índice de desemprego, pode-se dizer que prevaleceu o bom senso da categoria, pois a proposta garantiu a reposição integral das perdas salariais e a manutenção dos benefícios, levando em consideração a empregabilidade.

Agora, cabe ao Sindicato vigiar o fiel cumprimento do novo acordo coletivo de trabalho e aos trabalhadores, a certeza de que é preciso, desde já, se organizar e acumular forças para as próximas lutas como, por exemplo, o PLR 2021.

A CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL É PARA QUEM NÃO É SINDICALIZADO

A contribuição assistencial extraordinária aprovada pelos trabalhadores vale somente para aqueles não sindicalizados, que não contribuem mensalmente com o sindicato. A contribuição assistencial será equivalente a 3% (três por cento) do salário base, a ser descontada em duas parcelas nos próximos meses de março e abril.

Apesar da aprovação soberana da assembleia, será garantido o direito de oposição ao desconto da contribuição, que deverá ser apresentado individualmente, por escrito, na sede do Sinttel (Av. Alberto Maranhão, 2033, Bom Jardim) no período de 22 a 26 de fevereiro de 2021, no horário das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas.

BOTE A MÃO NA CONSCIÊNCIA E SEJA JUSTO

É verdade que, independentemente de contribuir ou não mensalmente com o Sindicato, todos os trabalhadores, sem distinção, contam com a defesa dos direitos individuais e coletivos, com a assistência jurídica/homologatória, além de todos se beneficiarem dos acordos coletivos, através dos quais o Sinttel assegura as condições da remuneração (salários e benefícios), jornada de trabalho, saúde, respeito e segurança, PL/R, além da organização e promoção de atividades sociais e esportivas.

Mas existe uma diferença causada pelos próprios trabalhadores quando o assunto é o sindicato: uns são sindicalizados e contribuem para o sustento e a manutenção da entidade sindical; outros, não. Isso é justo se o Sindicato é para todos? Reflita e seja justo.

SEJA ESPERTO, PENSE COLETIVAMENTE E NÃO FIQUE SÓ

Vale salientar que a quantidade de trabalhadores sindicalizados e contribuintes com a entidade laboral demonstra o nível de organização e a capacidade de luta de uma categoria perante às empresas. Portanto, se ligue e pense coletivamente! Faça a sua sindicalização e venha para o Sinttel! Acesse https://sinttelrn.org.br/s/sindicalize-se/, preencha o formulário e fortaleça a sua categoria.

Compartilhar este post

Deixe um comentário


× WhatsApp