Trabalho igual, PPR igual!

Postado por: admin Categoria: Notícias

lucro.pro.patraoA Comissão de Negociações da Fenattel tem se reunido com representantes da Vivo/GVT para tratar do PPR/PAD 2015 dos trabalhadores da GVT. Ocorreram reuniões nos dias 05 e 14 de agosto, sem que tenha ainda sido possível chegar-se a um entendimento. Os Sindicatos tem enfatizado que não admitirão trabalhadores de 1ª e 2ª categorias na mesma empresa, visto que, de acordo com seu próprio presidente, existe uma só empresa, a “nova Vivo, a maior e mais rentável operadora de telecomunicações do Brasil”.

Mas o que vem por parte da empresa?

A Vivo/GVT, com a habitual ganância de economizar em cima dos trabalhadores, manteve, na última reunião, em 14/08, a proposta anterior para o PPR: ou seja, ela quer pagar 0,25 de salário para 11.500 trabalhadores da GVT. Para os demais 6.500, a empresa quer manter os mesmos targets do PPR/2014 que varia de 1,75 a 5 salários.

Falando sério: isto é valor de PPR a ser pago pela “maior operadora de telecomunicações do País”?

É importante ressaltar que o atraso das negociações se deve exclusivamente à empresa que, como ocorreu nas negociações da Vivo, não apresentou as metas e objetivos para o ano de 2015. Ou seja, ela quer que o Sindicato assine um cheque em branco!

A comissão de trabalhadores endureceu as negociações e reivindicou que o PPR/PAD da GVT tenha, no mínimo, o mesmo target da Vivo: 2,2 salários. Uma proposta que diferencia os trabalhadores não é justa. Se os trabalhadores da Telefônica/Vivo receberam em julho/2015 um adiantamento de 1 salário, por que para os trabalhadores da GVT a proposta é bem inferior? Não! Nessa fusão Vivo/GVT, o Sindicato acredita que todos os trabalhadores devem ser tratados da mesma forma.

Trabalhador GVT!! Não se deixe enganar pelo “canto da sereia” da empresa. Nós queremos igualdade de direitos. Temos que garantir o princípio da isonomia: trabalho igual, PPR igual.

Os dirigentes sindicais reivindicaram que, independentemente do andamento das negociações, o pagamento que é efetuado habitualmente em agosto seja mantido. Afinal, os trabalhadores já contam com estes valores.

Uma nova reunião entre Sindicatos e GVT ocorrerá na quarta feira 19/08.

Fonte: Sinttel/PR

Compartilhar este post

Deixe um comentário


× WhatsApp